segunda-feira, 18 de julho de 2011

Vem aí fast food de peixe

A família Pontes uniu os conhecimentos técnicos em áreas específicas para idealizar uma nova tendência no ramo da gastronomia. Rigoberto Neide é engenheiro de pesca, a esposa dele, Maria Goreth, especialista em culinária regional e o filho do casal, Rigoberto Júnior, graduado em Administração de Empresas. Juntos, criaram o Peixexpresso que tem como objetivo trabalhar o conceito de “comida de rua” com estilo, higiene e com produtos de origem sustentável.

O novo modelo de Agronegócio Sustentável é conhecido como fast food de pescado e utiliza como matérias primas, insumos e produtos regionais. Ele será apresentado na Conferência de Meio Ambiente da Região Norte promovida pelo Sistema Confea/Crea, no auditório do Senai, em Manaus.

Além da proposta de oferecer comida rápida com ingredientes amazônicos a estrutura do restaurante também chama a atenção. O atendimento ao público é feito em um ônibus adaptado e customizado para desenvolver diversas atividades dentro do agronegócio do pescado regional.

A proposta da família é consolidar, até a copa 2014, uma rede de franquia direcionada as micro e pequenas empresas da capital amazonense. Para Rigoberto Pontes, os empreendedores do Estado do Amazonas podem encontrar o melhor e maior ‘cardume’ de oportunidades de investimentos e negócios sustentáveis do planeta.



Detalhes sobre este novo modelo de fast food vão ser repassados aos representantes do Amazonas, Acre, Rondônia, Roraima, Amapá, Tocantins e Pará durante a Conferência de Meio Ambiente da Região Norte que também é aberta a sociedade. O Peixexpresso atenderá aos clientes no horário do almoço.

Fonte: D24am


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário:

Postar um comentário