sexta-feira, 10 de junho de 2011

Cresce o consumo de café fora de casa

A proporção de pessoas que consumiam café fora de casa cresceu 18,7% de 2009 para 2010, segundo levantamento feito pela Associação Brasileira da Indústria do Café (Abic). Desde o primeiro levantamento, feito em 2003, este número quadruplicou: em 2003, 14% dos entrevistados informavam ter o hábito de tomar café na rua. Em 2010, isso havia subido para 57%.
A Abic destaca o desempenho dos chamados cafés especiais. Nesta categoria, entram o café gourmet, descafeinado, orgânico e de regiões específicas ou certificadas. A participação destes ainda é pequena – 2,3% dos entrevistados procuram por eles –, mas está 73% acima que em 2003. Naquele ano, eram da preferência de apenas 1,5%.
Free Stock Photo of Cup of Coffee
Tipos especiais como o gourmet e orgânico, ganham espaço


Um dos fatores que tem puxado o crescimento é a disposição do consumidor em pagar mais por um produto de qualidade – o que, por sua vez, cresce junto com o aumento da renda, e também com o maior conhecimento sobre os tipos especiais de café.
Segundo a pesquisa da Abic, o total de pessoas dispostas a investir mais em produtos melhores subiu de 34%, em 2008, para 45% no ano passado. Por outro lado, a porcentagem daquelas que não estavam nada dispostas a dispor de um pouco mais de dinheiro caiu de 46% para 30% no mesmo período. O maior aumento na disponibilidade em gastar mais com o cafezinho foi verificado na classe C: de 36% para 48% dos entrevistados


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário:

Postar um comentário