quinta-feira, 2 de junho de 2011

Comer em Churrascaria nos EUA está mais barato que no Brasil

Segundo reportagem do site Exame está mais caro comer em uma Churrascaria no Brasil do que nos EUA. Um jantar na Fogo de Chão em Washington custa US$ 3,25 menos que na unidade de Brasília, e os motivos: a alta da inflação e o real valorizado.
Para os proprietários da rede, no entanto, o real valorizado representa uma vantagem na hora da importação de produtos estrangeiros por valores menores. A Fogo de Chão importa vinhos, azeite, compram carne do Uruguai e da Argentina, e cordeiro do Chile e da Nova Zelândia.
A seguir trecho da matéria que conta o caso da Fogo de Chão:
"Fãs de churrasco hoje gastam menos para degustar cortes brasileiros em Washington do que em Brasília. A diferença na conta em churrascarias especializadas em rodízio de carnes é sinal de que o Brasil está perdendo a “guerra cambial” do ministro da Fazenda, Guido Mantega.
A valorização do real, a maior expansão econômica em mais de duas décadas e a inflação tornaram São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília mais caras do que qualquer cidade dos EUA, segundo estudo da ECA International, empresa de recursos humanos com sede em Londres. O aumento no poder de compra, que impulsiona o consumo, também torna mais difícil a vida de empresas que competem com produtos importados.Um jantar na churrascaria Fogo de Chão da Avenida Pennsylvania, a cinco quadras da Casa Branca, em Washington, custa US$ 3,25 menos que na filial de Brasília. A diferença é fruto da queda de 31 por cento na moeda americana frente ao real desde o início de 2009. Caso os preços fossem os mesmos de hoje, naquela época a mesma refeição custaria US$ 14,70 a menos em Brasília.
“Hoje os custos de se abrir negócios no Brasil são mais altos do que nos EUA”, disse Arri Coser, ex-garçom de 49 anos que fundou o Fogo de Chão com seu irmão, Jair. “Alguns anos atrás, o gasto com carne por pessoa no Brasil era um terço do que nos EUA. Agora são iguais.” "
(Fonte: André Soliani, dapara Exame.)
Para ler a matéria na íntegra clique aqui.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário:

Postar um comentário