sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Lições do Giraffas

A rede de fast-food Giraffas, que está presente em 128 cidades brasileiras, em Miami e na Ciudad del Este, teve no ano passado um faturamento que ultrapassou os R$ 500 milhões. Originária de Brasília, como uma lanchonete para amigos, hoje a rede de franquias está entre as maiores do Brasil.

O site da revista Exame traz uma entrevista com um dos sócios fundadores da rede, Cláudio Miccieli. Que conta um pouco sobre a história, dificuldades e vitórias da marca Giraffas. 

Na entrevista pincelamos alguns trechos inspiradores:

"Procurávamos fazer algo diferente. Algum tempo depois, resolvemos, então, colocar arroz e feijão no cardápio, o que deu origem a um conceito que, acredito, não existia: o fast food de comida caseira."

"Tínhamos uma boa gestão financeira, mas não estávamos mais nos dedicando tão bem à essência do nosso negócio, que era vender boas refeições a bons preços. A estabilização da economia nos fez ver isso. Foi um momento dificílimo."

"Decidimos usar a credibilidade que já tínhamos para crescer por franquias. Concentramos todas as nossas energias no fortalecimento da marca, em desenvolver novos pratos e em prover um excelente apoio aos franqueados."

"O extremo cuidado com custos é algo que sempre fez parte de nossa filosofia de negócio. É preciso continuar a perseguir melhorias para ficar mais competitivo num país com cada vez mais redes de restaurantes. Nesses anos todos, constatamos que pequenos avanços são essenciais — sem isso não há como um negócio ter sucesso."

Não deixe de ler a matéria completa no link: Como a lanchonete Giraffas virou um negócio de 500 milhões de reais. Super recomendada!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário:

Postar um comentário