quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Clientes são expulsos de restaurante por deixarem comida no prato


Quem tem restaurante com buffet, em que o cliente paga um preço fixo e come à vontade, sabe bem o que é desperdício. Alguns clientes simplesmente enchem seus pratos com quantias exageradas de alimentos que não serão consumidos, e que por consequência, terão como destino, o lixo.

Em um restaurante situado na cidade de Gotemburgo, na Suécia, o Bamboo Mongolian Barbeque, o sistema é servir o buffet por um preço fixo, incluindo saladas, entradas, pratos quentes e sobremesas, com o cliente podendo comer à vontade. Mas o gerente do restaurante, Henrik Cui, parece não admitir desperdícios.

Quando três turistas visitaram o seu restaurante e se fartaram com pratos exagerados, na hora da sobremesa, o gerente avisou: só poderiam comer o pudim se eles "limpassem" os seus pratos. Então começou uma discussão que resultou na expulsão dos três clientes do estabelecimento. Os turistas nem tiveram tempo de terminar suas bebidas.

Segundo um dos clientes:" O gerente perdeu a cabeça e nos mandou para o inferno, dizendo que nunca mais queria ver nossas caras na vida". E acrescentou: "Meu amigo não pôde nem terminar de beber sua cerveja."

Cui admite que realmente se descontrolou, mas diz que não se arrepende, de acordo com o jornal "The Local". "Se a comida não estava do seu agrado, é uma coisa, mas eles disseram que estavam muito satisfeitos. Então, como eles poderiam ainda querer a sobremesa? Eu não me importo que as pessoas venham aqui e comam dez pratos de comidas, mas eu espero, sim, que as pessoas comam tudo que estiver no prato. Quem quiser pode passar o dia comendo aqui no restaurante, mas não jogue comida fora", disse ao jornal.

Os turistas expulsos disseram que, apesar do acontecido, não iriam levar o caso à justiça, apenas escolheriam outro restaurante mais "amigável" na próxima vez que visitarem a cidade.

E em seu estabelecimento, já aconteceu algum caso semelhante?


            The Local



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário:

Postar um comentário