quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Fast food promove a cozinha de países em conflito com os EUA

Hoje, encontramos aqui na internet um conceito diferente de lanchonete. Se trata do Conflict Kitchen, um fast-food delivery que serve pratos típicos de países que têm alguma relação conflituosa com os EUA.

Idealizado por Jon Rubin e Weleski Alvorada, o restaurante está localizado em Pittsburgh, na Pensilvânia. A lanchonete Conflict Kitchen escolhe um país de cada vez como tema. E a fachada, os pratos, a programação visual, enfim, tudo do restaurante é temático com inspiração no país conflitante. Inclusive eventos, apresentações e discussão sobre a cultura e política do país em questão são apresentadas.

Cada tema dura apenas quatro meses. O primeiro país escolhido foi o Irã, que teve como destaque o kubideh, uma espécie de wrap iraniano. Depois veio o Afeganistão, servindo o bolani, um pão recheado com abóbora, lentilhas, espinafre ou batatas. 

Foto: Divulgação

Agora, segundo o site da lanchonete, o país-tema é a Venezuela. A especialidade servida são as arepas, massa feita à base de farinha de milho, com recheios de queso (queijo), pepiada reina (frango e salada de abacate), ou caraotas (mistura de feijão preto venezuelano). Além de servir a comida típica, o Conflict Kitchen embrulha os sanduíches com uma espécie de boletim cheio de informações sobre o país e entrevistas com pessoas da nacionalidade escolhida. A embalagem das arepas, por exemplo, foram desenvolvidas com a  colaboração de membros da comunidade venezuelana, incluindo entrevistas sobre temas que vão desde alimentos da Venezuela, cultura e questões de geopolítica.

A Coreia do Norte e a Líbia serão algumas das próximas nações a entrar no rodízio. Através de alimentos, embalagens, programação, e interações com os clientes, o Conflict Kitchen cria uma plataforma permanente para a discussão de conflitos internacionais, cultura e política. Além disso, o projeto introduz um espaço rotativo para a diversidade gastronômica e cultural. 


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário:

Postar um comentário