quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Restaurante oferece 5% de desconto ao cliente que não usar celular

Hoje em dia é rotina, ao dar uma volta pelo salão, observar a maior parte dos clientes sentados à mesa, equipados com seus garfos, facas e telefones celulares. Difícil ver uma mesa em que as pessoas não estão entretidas com seus aparelhos, não é mesmo?

Imagem: Creative Commons

Um restaurante em Los Angeles está querendo mudar este padrão de comportamento entre seus clientes. A proposta do restaurante Eva é oferecer um desconto de 5% para os clientes que estão dispostos a ignorar os seus celulares, deixando-os com os funcionários do restaurante, enquanto estiverem sentados à mesa.

A ideia é incentivar os comensais a interagir mais uns com os outros ao invés de se conectar ao telefone, e é claro, aproveitar a experiência completa de saborear a refeição, sem interrupções.

O proprietário e chef Mark Gold espera que a iniciativa crie um ambiente onde os clientes se conectem entre si em vez da tecnologia, permitindo-os sentar, relaxar e interagir com seus companheiros de mesa.

Quando o cliente entra no restaurante, um funcionário faz a abordagem a respeito do desconto. Se o cliente deixar seu celular, ganha o abatimento no final da conta. O proprietário revela que quase metade da clientela aproveita o desconto, e até expressa gratidão pela oportunidade de poder ignorar seu aparelho por um tempo.

Já publicamos aqui outro caso de um restaurante que impedia o uso de celular em suas dependências, inclusive com a assinatura de um contrato. Veja no link: Contrato proíbe clientes de usarem celular em restaurante.

Mas e você, o que acha destas medidas? Não podemos esquecer que apesar de incomodar alguns, o uso destes aparelhos é imprescindível para muitos. E além disso, o uso do smartphone pelos clientes, ajuda inclusive na divulgação do estabelecimento nas redes sociais. O que você acha que vale mais a pena?

Fonte: Daily Mail
            Food Beast
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário:

Postar um comentário